COMPARTILHAR

Empresário vai ceder retroescavadeira para devolver animal à agua

Um filhote de baleia jubarte está encalhado na Praia Rasa, em Búzios, desde o fim da tarde de quarta-feira. Apesar de horas presa na areia, sem se mover, o animal continuava vivo na manhã desta quinta, segundo moradores, que se mobilizam para tentar salvar o cetáceo. Um vídeo compartilhado nas redes sociais mostra o exato momento em que o filhote encalhou, na altura do canal da Marina.

Ana Souza, moradora de Búzios há 20 anos, tem casa perto do local em que a baleia encalhou e flagrou o momento em que o animal ficou preso. Ela contou que mesmo após várias ligações para órgãos públicos para solicitar o resgate, o animal continuava encalhado na areia. Ana também entrou em contato com várias ONGs que informaram sobre a necessidade de uma retroescavadeira para abrir um canal de retorno, para a baleia poder voltar para o mar quando a maré enchesse.

— Um pescador viu a baleia, avisou o caseiro de uma amiga que nos chamou. Fomos todos na mesma hora, mas cinco pessoas com toneladas não fazem nada. Desde às 17h de ontem que estamos nessa luta. Não tinha ninguém na praia, estava um frio cão. Divulgaram que estava tendo resgate e quando chegamos lá por volta da meia noite não tinha ninguém. O máximo que fizeram foi colocar o cordão de isolamento, muito triste ver que não houve nem uma tentativa. As pessoas ficam atadas pela burocracia — lamentou.

Filhote de baleia jubarte ainda viva encalha em Búzios

O ciclista Felipe de França Silva, de 30 anos, estava fazendo um treino próximo ao local em que a baleia está encalhada, viu o burburinho e decidiu se aproximar. Segundo ele, os moradores estão tentando cavar uma vala para que a água chegue até a baleia e ajude a dar uma sobrevida para o animal.

— Tentamos falar com a Prefeitura para pedir uma retroescavadeira, mas eles disseram que não têm equipamento próximo para ceder e fazer esse socorro. Também tentamos falar com o Instituto Estadual do Ambiente (Inea), mas a atendente falou que tem que abrir um protocolo e aguardar 24 horas. Enquanto isso, o animal está aqui no sol agonizando — contou.

De acordo com Felipe, um veterinário esteve no local e mediu a baleia. O animal é macho, tem 13,8 metros, pesa entra 10 a 15 toneladas e tem, em média, 4 anos.

Após a mobilização dos moradores, duas retroescavadeiras particulares foram levadas até a praia para auxiliar no resgate. Junto com o trabalho das máquinas, uma corrente humana se formou para passar baldes e continuar molhando a baleia. Um empresário se prontificou a emprestar um terceiro equipamento, porém não recebeu autorização da Prefeitura para atuar. Segundo ele, o órgão alegou que enviaria o próprio equipamento ao local.

Em nota, a Prefeitura de Búzios disse que tomou providências imediatas quando ficou sabendo do caso. Segundo o órgão, a consultoria responsável pelo desencalhe de grandes mamíferos na região foi acionada e enviou biólogos e veterinários ao local, que monitoram o cetáceo desde a noite de quarta-feira. Os especialistas orientaram que se esperasse a maré alta porque “se a baleia estivesse em condições de retornar ao mar, ela voltaria sozinha”.

Ainda de acordo com a Prefeitura, após o animal não reagir à maré alta, as pessoas entraram na água junto com o Secretário de Meio Ambiente e técnicos da prefeitura para ajudar a baleia sem sucesso. A Prefeitura ressaltou que não se negou a autorizar qualquer iniciativa de viabilizar o salvamento do animal e autorizou o trabalho de uma escavadeira particular via telefone e e-mail.

Fonte: O Globo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira um comentário
Por favor, insira seu nome