COMPARTILHAR

Quando Schenley Hutson Kirk viu a fotografia de um cachorro chamado Gregory na lista de eutanásia do Centro de Proteção e Adoção do Condado de Franklin, nos Estados Unidos, foi amor à primeira vista. Sem pensar duas vezes, a mulher decidiu que iria salvar o patudo. Não foi o gesto de Schenley que se tornou viral, mas sim a do cão resgatado da eutanásia.

Apesar de ter sido abandonado por seus donos, o animal estava relativamente bem de saúde. Quando deu entrada no abrigo, o teste de dirofilariose deu positivo, mas, de resto, o pequeno Beagle era saudável.
O cachorro de 2 anos era cheio de energia e extremamente amigável. No entanto, devido ao seu problema médico, ele foi retirado do abrigo no 3 de maio. O tratamento para a dirofilariose era caro, e ninguém queria assumir os custos. Num ato de desespero, o centro lançou um apelo de adoção, antes que fosse tarde demais.
Lista de eutanásia
Foi nessa altura que Schenley e seu marido Joe viram a imagem do cão na internet. Eles são fundadores de outro abrigo de animais, o Hound Rescue and Sanctuary, e sabiam que precisavam salvá-lo. Então, o casal correu para resgatar o patudo da eutanásia.

“Meu marido tirou o dia de folga do trabalho para ir para o abrigo, enquanto eu fiquei em casa para cuidar dos outros cães de resgate”, disse Schenley. “No caminho de volta para casa, ele decidiu tirar algumas selfies de nosso novo resgate.”

Cão agradece o resgate
Apesar de Gregory nunca ter visto Joe, ele queria estar o mais próximo possível do novo amigo. Apesar de estar com um cinto de segurança próprio para cães, a trela de Gregory era comprida o suficiente para que ele pudesse alcançar o ombro de Joe. E foi aí que algo mágico aconteceu!

  

“[Joe] me enviou três fotos e, no última, o pequeno Gregory inclinou a cabeça, como se dissesse: ‘Você salvou minha vida. Eu sabia que ia morrer naquele abrigo, mas você me salvou hoje’”, disse. “O olhar em seus olhos – a gratidão, a apreciação e o amor deste cachorrinho – é como se ele soubesse que sua vida foi salva.”
Agora, o patudo está recuperando na casa dos Kirks, e ele continua a agradecer todos os dias. “Ele é carinhoso e adora dar beijos. Muito bem comportado em casa.” Agora, ele está recebendo tratamento para os vermes cardíacos, e está aprendendo comandos básicos como sentar e ficar. “Ele é muito descontraído, muito feliz, e sua coisa favorita a fazer é obter muito amor dos humanos ao seu redor”, disse Schenley.

Cães de caça
Ninguém sabe como era a vida de Gregory antes do resgate. No entanto, os Beagles são muito utilizados para a caça, e depois descartados como se fossem lixo. “Infelizmente, os cães ficam o estereótipo de que eles são apenas um cão de caça e é isso… Que eles são fedorentos, nervosos, e esse não é o caso.”

Agora, Gregory finalmente terá a oportunidade de ser feliz, ao lado deste maravilhoso casal. Compartilhe se amou este final feliz tanto quanto nós!

Fonte: Best of Web

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira um comentário
Por favor, insira seu nome